Archive for the ‘weBlogs’ Category

» o que se passa?

#00022 

É impressão minha ou a blogosfera portuguesa está em “recolhimento”?…

Bom… enquanto não acontece algo, fiquem-se com o novo International Journal of Communication.

Anúncios

» sismos e censura

#00007 

SISMOLOGIA DA COMUNICAÇÃO

O assunto vem a ser exposto em tudo o que é blog. A diferença de timing entre a blogosfera, os jornais tradicionalmente impressos e com versão digital e os que já são exclusivamente on-line. Ao que parece, o Sul abanou. Talvez seja castigo supremo de deuses irados com os resultados do referendo [a norte nada se sente, nem sismos nem mais nada] ou talvez não seja nada disso e a coisa seja normal. Mas, quanto ao que à comunicação concerne, acho curioso o que diz o Paulo Querido acerca do assunto.

DA CENSURA

É ainda o Paulo Querido que nos promete qualquer coisa relacionada com a utilização do lápis azul. Não sei porquê, mas o escriba anda irritado. Trabalho a mais?

Durante mais de um ano, tivemos que apagar, diariamente, vários comentários insultuosos. A operação era cansativa e obrigava a uma supervisão sistemática que nenhum de nós podia assegurar: daí a permanência dos insultos e das calúnias por mais tempo do que o aceitável. Apesar de com a decisão agora tomada restringirmos a companhia de alguns dos que mais assiduamente aqui deixavam o seu comentário, muitas vezes crítico, não conseguimos encontrar outra solução para o problema. Mas não queremos deixar de contar com os contributos dos que nos lêem, ou de evitar controvérsias. Por isso, se tiver algum comentário que mereça ser divulgado e debatido transforme-o num e-mail dirigido ao autor do post em causa, utilizando o endereço referenciado no canto superior direito.

Ao que parece, Rui Pena Pires ainda não conhece a MODERAÇÃO de comentários. Alguém que lhe explique, por favor. A dar numa de JPP?
Ah!… e parabéns pelos 1001 posts… [isto há cada uma… francamente!…]

argumentandum ad ignorantiam

No Armadilha Para Ursos Inconformistas, Vira-Latas e Esperanças de candeias às avessas. A coisa gira em torno da abstenção no referendo, direitos e deveres, participação, irritações e restantes problemas pessoais. Arranjem uma tina de lama e uns fios dentais. A caixa de comentários não chega.

Ainda nesse blog, o Pedro Silva anda a esgrimir com a Fernanda Câncio acerca das coisas da paternidade. Se Fernanda Câncio tem algumas razões, Pedro Silva não deixa de as ter também [coisa bem distribuída, esta razão…] mas nada se perde na explicação de que 1.500 Euros são dinheiro…

esgotamento

José Pacheco Pereira ou perdeu de vez a paciência para a blogosfera ou está com uma crise de esgotamento. É que o Abrupto já não é o que era.

Assuntos banais, a constante, desinspirada série de fotografias de pessoas a trabalhar, a coisa da missão – desta vez abrilhantada por uma exibição de paraquedistas – , museologia, faits-divers, enfim… o suficiente para publicar carta de um tal Paulo Silva que diz:

Assisti em directo ao discurso do estado da União do Pres. Bush.
Li o respectivo texto disponibilizado na net. É surpreendente – para mim, pelo menos – o grau de cortesia e afabilidade como decorreu esse acto público no Congersso dos E.U.A.
Desde o caloroso cumprimento – que me pareceu sincero e genuíno – dirigido à speaker Nancy Pelosi, até às frequentes ovações – de republicanos e democratas, note-se – com que foram brindadas muitas das afirmações e propostas do Presidente.
Que contraste com o nosso Parlamento !
(Paulo Silva)

Boa opção, Pacheco Pereira!